Confira

Novo Tablet GT-7330

O Primeiro Tablet Dual Core da GENESIS

Primeiro Smartphone Dual Core

Novo Celular GP501S

Confira

Especificações do Celular Genesis SK-S150

Especificações Genesis GT-7240

Confira os dados do novo tablet Genesis GT-7240

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Apple mantém design esquisito em case de bateria extra para o iPhone 7

0 comentários


A Apple decidiu que o case de bateria do iPhone 6s foi uma boa ideia e decidiu insistir no design para o iPhone 7. A empresa decidiu lançar uma nova versão compatível com o iPhone 7, ainda com a corcunda inexplicável na parte traseira.

Em relação à sua funcionalidade, não há o que reclamar. O case duplica a bateria disponível no iPhone 7 e ainda sobre um pouquinho mais de carga. Ou seja: é possível dar mais do que uma carga inteira no celular usando o case.

Falando em números, o iPhone 7 tem naturalmente 1.960 mAh, enquanto o case adiciona mais 2.365 mAh na mistura. A capinha também é consideravelmente mais parruda do que a versão lançada pela Apple para o 6s, que trazia apenas 1.877 mAh; são 26% a mais de carga.

A Apple promete que ao usar o case, é possível obter até 22 horas extras de navegação na internet no 4G ou 26 horas de conversação. Não é possível confirmar sem testar, mas é fácil garantir que o case garante mais do que o dobro de bateria extra.

O case custará US$ 100 nos Estados Unidos, lembrando que no ano passado o acessório era vendido pela Apple no Brasil por R$ 800.

Fonte: Olhar Digital
Continue lendo ...

Google testa recurso que adia downloads para economizar dados no Android

0 comentários
O Google está testando uma nova maneira de ajudar os usuários do Android a economizar dados. Um recurso na Play Store permite adiar os downloads até que o dispositivo esteja conectado a uma rede Wi-Fi.

Atualmente, o app permite usar uma conexão sem fio apenas quando o aplicativo é grande, mas não há a opção de postergar o download. Ao que tudo indica, será possível criar uma "fila" de apps para baixar sem consumir os dados móveis.



A novidade, que deve se chamar algo como "Esperar pelo Wi-Fi", está em fase de testes com um pequeno grupo de usuários, o que significa que não há confirmação se ela será estendida a todos os dispositivos Android ou se será removida antes mesmo de seu lançamento.

Fonte: Olhar Digital
Continue lendo ...

Aplicativo do Google para competir com WhatsApp pode sair nesta semana

0 comentários


Mais uma tentativa do Google de concorrer com o WhatsApp pode chegar ao Google Play nesta semana. Allo, o prometido app de mensagens da empresa equipado com inteligência artificial, pode ser lançado nesta quarta-feira, 21.

Quem vazou a data foi Evan Blass, famoso jornalista com fontes seguras na indústria responsável por adiantar diversas informações sobre lançamentos de smartphones e outros produtos. Allo foi anunciado oficialmente em maio deste ano.

A informação corrobora a promessa do Google de lançar o aplicativo no fim do verão no hemisfério norte, o que acontece justamente no dia 21 de setembro. Além disso, a data marca exatamente um mês após o lançamento do Duo, aplicativo de video-chamadas da empresa, anunciado juntamente ao Allo em maio.

O Allo vem equipado com o Google Assistant, o novo assistente do Google, que identifica palavras chave da conversa para oferecer sugestões. Se a conversa gira em torno de um restaurante, a inteligência artificial pode sugerir opções de restaurantes por perto e ainda reservar uma mesa, tudo sem precisar sair do aplicativo.

Outro ponto interessante é a segurança das mensagens. O app conta com um modo incógnito, similar ao do Chrome. Ou seja: é possível abrir uma janela de mensagens que se autodestruirão depois de algum tempo, e estas mensagens serão criptografadas de ponta-a-ponta, como acontece no WhatsApp, o que impede que sejam interceptadas.

Fonte: Olhar Digital
Continue lendo ...

Veja diferença gráfica de PES 2017 para PC, PS4 e XOne [vídeo]

0 comentários

Eis aquele momento que muitos esperam sempre que um novo jogo é lançado: a divulgação de algum vídeo que faça uma comparação gráfica entre as plataformas mais poderosas capazes de rodar o jogo. E, evidentemente, as coisas não seriam diferentes com Pro Evolution Soccer 2017.

O vídeo que você confere a seguir é cortesia do canal Candyland no YouTube, e faz uma comparação gráfica entre as versões do jogo para PC, PlayStation 4 e Xbox One. E, curiosamente, dessa vez a versão destinada aos computadores não levou a melhor: ela é propositalmente mais fraca, e por conta disso os rivais para consoles conseguem entregar um resultado mais satisfatório.


Tais detalhes são perceptíveis em diversos momentos, seja quando as imagens aparecem de forma separada ou até mesmo quando colocadas lado a lado. Detalhes como esses chegam a ficar mais evidentes especialmente nas comparações entre rostos dos jogadores e quando um atleta aparece com o pé sobre a bola, apenas para citar alguns exemplos.

Pro Evolution Soccer 2017 está disponível em versões para PC, PlayStation 4, PlayStation 3, Xbox One e Xbox 360.

Fonte: PTI Jogos
Continue lendo ...

Saiba o que é e para que serve o Google Play Services

0 comentários
Se você usa um smartphone com sistema operacional Android já deve ter notado a presença de um estranho aplicativo pré-instalado chamado Google Play Services. Ele não aparece na tradicional gaveta de apps e não pode ser aberto como o Facebook, YouTube ou WhatsApp. Ainda assim, este programa recebe atualizações constantes e ocupa um bom espaço de armazenamento do celular.

Mas você sabe o que é e para que serve esse Google Play Services? Identificado pelo ícone de uma peça de quebra-cabeças, com as cores da loja Google Play, este programa não é um aplicativo como todos os outros no smartphone. Sua função, porém, é de extrema importância para que os outros apps funcionem normalmente no aparelho, desde o Android 2.2.

Resumidamente, o Google Play Services é como um pacote de APIs - "Application Programming Interface", ou "Interface de Programação do Aplicativo". Trata-se de um conjunto de normas que ajudam os desenvolvedores a criar apps que se comunicam facilmente com outros apps. Com ele, aplicativos como o WhatsApp e os jogos que você tem no celular dependem menos de atualizações do sistema para rodar.

Para explicar melhor essa função, peguemos como exemplo o Google Maps. Nas versões mais antigas do Android, o aplicativo precisava ser atualizado toda vez que o sistema operacional do celular era atualizado. Como sabemos, uma atualização do Android pode demorar muito tempo para chegar a um aparelho que não tenha a versão pura do software, como um smartphone da Samsung ou da LG.

Sendo assim, o Maps ficava desatualizado e operando com dificuldade enquanto o sistema não fosse atualizado pela fabricante. Graças ao Google Play Services, porém, o Google garante que o app, no Android, será mantido com seus recursos sempre em dia, com updates instalados automaticamente, independentemente da versão do sistema operacional que você estiver usando.

Sendo assim, o Google Play Services permite que você use a versão mais recente de um aplicativo mesmo que ainda não esteja usando a versão mais recente do Android. Isso flexibiliza a experiência e restringe o "sofrimento" dos usuários que precisam esperar meses por um novo update no sistema. Nem todos os apps são beneficiados por esse recurso, mas a grande maioria - isto é, os mais populares - com certeza é.

Posso me livrar do Google Play Services?

Embora seja tão importante para o bom funcionamento de um dispositivo Android, sua função quase invisível pode fazer com que o Services pareça um recurso inútil. Afinal, ele consome memória RAM, espaço de armazenamento, poder de processamento e até a bateria do celular, mas seu impacto real é pouco notado. É possível removê-lo?

Como se trata de um bloatware, o Google Play Services não pode ser desinstalado como qualquer outro app. No entanto, é possível desativá-lo. No seu smartphone, abra o aplicativo de configurações e vá até Aplicativos > Google Play Services. Toque no botão "Desativar", ao lado de "Forçar Parada". Se preferir, você também pode liberar algum espaço apenas desinstalando as atualizações.



Se no seu celular o botão Desativar estiver cinza e não funcionar, como na imagem acima, será preciso tomar um caminho um pouco mais longo. Novamente no aplicativo de configurações, vá até Segurança > Selecionar administradores e desmarque a opção correspondente ao Gerenciador de Dispositivos Android. Volte ao Google Play Services e desative-o se assim preferir.



Mas tome muito cuidado! Assim como o Gerenciador de Dispositivos, o Google Play Services é um recurso de extrema importância para o seu smartphone Android. Desabilitá-los pode fazer com que os outros apps instalados no aparelho comecem a apresentar problemas, e não é uma atitude aconselhável se não for uma medida de urgência. Faça isto por sua conta e risco.

Fonte: Olhar Digital
Continue lendo ...
Avalie nosso site